10 recursos do InDesign que você deve parar de usar

Tenho o hábito de buscar novos recursos e ferramentas para melhorar meu processo de produção e, especialmente, minhas aulas de InDesign 😊.

Mas, além de buscar coisas novas, às vezes rever velhos hábitos, também pode ser bem produtivo. Sair do automático e procurar automatizar ou pesquisar se existe algum recurso, que atenda melhor aquela tarefa que você já faz há anos da mesma forma pode trazer boas surpresas!

Por isso, compartilho 10 recursos do InDesign que você deve parar de usar para te fazer pensar que há vários caminhos para realizar uma tarefa, mesmo as mais simples! Confira a lista.

  1. Não use o comando File > Package I (imagens)
  2. Não use o comando File > Package II (vários arquivos)
  3. Não instale fontes!
  4. Não use o comando Apply Master to Pages…
  5. Não use o painel Align para distribuir objetos
  6. Não use o comando Paste
  7. Não sincronize documentos fechados
  8. Não use o Data Merge apenas para cartões de visita
  9. Não copie e cole tabelas no InDesign
  10. Não acesse os painéis do InDesign pelo menu Window

 

1 | Não use o comando File > Package I (imagens)

Para reunir as imagens utilizadas no layout basta selecioná-las (use o shift ou Control/clique) direto o painel Links e escolher a opção do submenu Utilities > Copy Link(s) To... Indique uma pasta para salvar as imagens e voilá! O caminho das imagens é atualizado para essa nova pasta. Um recurso ideal para organizar as imagens de seus projetos.

 

2 | Não use o comando File > Package II (vários arquivos)

Bem, você pode estar pensando…. Mas se eu tiver vários arquivos de InDesign, não vou ficar salvando cada grupo de imagens de cada arquivo. Eu te digo. Claro que não! Para isso te apresento o script BatchConvert.

Perfeito para realizar tarefas em lote com arquivos de InDesign – exportar para PDF, converter para IDML e gerar o Package. Confira como utilizar esse script super produtivo neste vídeo.

Quer saber como instalar um script ou plug-in no InDesign? Acesse este artigo – Produtividade com InDesign

 

3 | Não instale fontes!

Saiba que você não precisa instalar todas as fontes que deseja usar no InDesign. Juro é verdade! Para disponibilizar um conjunto de fontes a um arquivo do InDesign você só precisa ter uma pasta com o nome – Document fonts – junto com o(s) arquivo(s) de InDesign. Pelo campo Fontes é possível saber quais fontes estão vindo desta pasta. Ideal para quem trabalha com pré-impressão.

 

4 | Não use o comando Apply Master to Pages…

A maneira mais rápida e expert para aplicar uma página-mestra a quantas páginas você quiser, precisa de apenas um clique. Selecione as páginas que deseja aplicar a mestra, e clique na miniatura da mestra com a tecla Alt/Opt pressionada. Simples assim!

 

5 | Não use o painel Align para distribuir objetos

Imagine a cena. Você alinhou e distribuiu cinco ou seis imagens no layout, então decidiu aplicar mais espaço entre os objetos. O que fazer? Afastar o objeto da ponta, selecionar todos e acessar o painel Align > Distribute Horizontal Centers. E se não ficou como deseja, repita todo processo. Parece familiar essa história?

Há uma forma mais prática, via um escondido recurso do InDesign – Live Distribute. Selecione todos os objetos, clique num ponto de seleção (nó do frame) e mantenha pressionada a barra de espaço. Pronto! Ao invés de redimensionar os frames, o InDesign ajusta o espaço entre os objetos. Fácil, não?

Dica de expert: se você não estiver visualizando o movimento dos objetos em tempo real na tela, altere as Preferências do InDesign. Acesse o painel Preferences, com atalho Ctrl/Cmd + K, na aba Interface, mude o campo Live Screen Drawing para Immediate.

 

6 | Não use o comando Paste

Confessa, vai, quantas vezes você precisou colar um objeto no centro da página? E colar um objeto na mesma posição do original ou na mesma posição em outra página? Acredito fortemente que a segunda opção seja muito mais frequente. Então, por que não usamos Ctrl/Cmd + V para o comando Paste in Place. Fica a dica!

Acesse o menu Edit > Keyboard Shortcuts e utilize o prático atalho Ctrl/Cmd + V para o comando Paste in Place.

 

7 | Não sincronize documentos fechados

Tenha o hábito de deixar todos os documentos abertos antes de aplicar a sincronização do painel Book. Desta forma, se você precisar ajustar algum item, basta utilizar o Ctrl/Cmd + Z.

A sincronização quando aplicada com documentos fechados, os mesmos são abertos, sincronizados, salvos e fechados em background,  sem chances de desfazer os ajustes.

 

8 | Não use o Data Merge apenas para cartões de visita

O recuso Data Merge (Window > Utilities) é ideal para reunir dados variáveis de uma planilha e preencher uma template do InDesign, por exemplo.

Mas infelizmente o InDesign não aplica os dados numa única caixa de texto, então se você deseja criar uma lista de contatos, fotos, etc terá que buscar um script ou plug-in.

A boa notícia é que esse script existe, chama-se InLine Merge. Baixe aqui.

Para utilizá-lo crie um documento e aplique as marcações do Data Merge para um conjunto de informações (Figura), numa caixa de texto. Então, selecione a caixa de texto (com a seta preta) e aplique um duplo-clique no InLine Merge, no painel Scripts (Agora você já sabe instalar um script, certo?).

Um painel será exibido perguntando qual caractere especial será usado para definir o início de um conjunto. O script usa por padrão o fim de parágrafo. Abaixo uma ideia do resultado final.

Confira neste artigo mais detalhes sobre o Data Merge com objetos inline.

 

9 | Não copie e cole tabelas no InDesign

Inserir uma tabela em .XLS ou .XLSX, formatar no InDesign e atualizá-la direto do Excel. Combinar esses dois softwares – Excel e inDesign é o sonho de muitos diagramadores/designers.

E com um pouco de estilo (de tabela) é possível tornar esse sonho realidade. O primeiro passo é habilitar o vínculo para planilhas importadas pelo Menu Edit > Preferences > File Handling.

Desta forma, a planilha importada irá criar um vínculo no painel Links. Assim, toda alteração realizada no arquivo original do Excel será aplicada no InDesign.

Dica de expert: se você não utilizar estilos de célula e tabela, toda formatação será perdida quando atualizar o vínculo ☹

 

10 | Não acesse os painéis do InDesign pelo menu Window

Muitas vezes procuramos por um painel do InDesign, e logo iniciamos uma busca incessante pelo menu Window. Imagina o painel Hyperlinks, seguimos pelo Window > Interactive > Hyperlinks.

Saiba que há uma forma mais expert de acessar não apenas os painéis, mas praticamente qualquer comando do InDesign. Te apresento do Quick Apply.

Se você não está habituado com o Quick Apply, recomendo fazer um teste. Clique ctrl/Cmd + Enter para acessar o comando. Basta digitar as iniciais do painel ou recurso que deseja para o Quick Apply começar a listar as opções.

Uma dica para os painéis do item Interactive é digitar apenas ive >. Assim, todas as opções de interatividade são rapidamente listadas.

Mas o Quick Apply vai além, como disse, sendo ideal para aplicar estilos de parágrafo, caracter, scripts, entre outros. Podemos acessar rapidamente esses grupos digitando os atalhos p:, c: ou s:

Um recurso 100% produtivo!

Espero que essas dicas te ajudem no dia a dia de produção e se você tem algum recurso que melhorou sua produtividade deixe uma mensagem com sua dica!


COMPARTILHAR É AJUDAR!

Mostre para um amigo/amiga que você se importa com ele/ela. Compartilhe essas dicas sobre o Adobe InDesign e .

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Compartilhe no Google+
Compartilhe no LinkedIn


Na Dualpixel você encontra o mais completo conjunto de cursos sobre o Adobe InDesign. São 8 treinamentos, na modalidade individual, via Skype. Temas específicos, com dicas mostradas passo a passo para otimizar sua rotina de trabalho e ampliar o portfolio de serviços.

Saiba como funciona:

Treinamento online, ao vivo, via Skype.
> Cada curso possui a carga horária de 6 horas, dividas em 3 aulas.
> Dias e horários à combinar (manhã – tarde – noite), de Segunda a Domingo.
> Baixe a versão de teste do InDesign CC.
> Todas as aulas são gravadas e disponibilizadas para o aluno, com acesso vitalício.

Acesse a página dos cursos individuais e escolha o conteúdo que melhor atende a sua necessidade de capacitação.

Bons estudos!! 

COMPARTILHAR:
, , ,

Felipe Santos

Especialista Adobe em InDesign, Photoshop e Digital Publishing Suite, com 25 anos de experiência nas áreas de pré-impressão, editoração e tratamento de imagens, transita desde 2010, após o lançamento do iPad, entre as midias impressa e digital. Apaixonado por publicações digitais é entusiasta de novas ferramentas, plataformas e formatos.

Deixe uma resposta