Cinco razões para o iPad Mini não dar certo

Um artigo publicado no site norte-americano TabTimes, especializado em tablets e afins, fez uma lista com cinco motivos para que o iPad Mini se transfome num tiro no pé da Apple. Para George Jones, fundador do veículo, o lançamento pode ter sido uma iniciativa precipitada – ocasionada, principalmente, pela pressão do mercado devido ao Nexus de 7 polegadas do Google.

O editor acredita que o iPad Mini pode representar até mesmo um ponto de virada na corrida pela predominância do mercado, após três impressionantes anos de dominação. As razões para tamanho receio são as seguintes:

Primeiro: pela primeira vez, a Apple está correndo atrás das novidades do mercado. Isso porque, pela primeira vez em muito tempo, um lançamento da Maçã não é sinônimo de inovação. Fato inquestionável, afinal, o próprio vice-presidente de marketin, Phil Schiller, que apresentou o produto, disse que a única coisa diferente que o usuário pode fazer com o Mini iPad, quando comparado ao iPad, é “segurá-lo com apenas uma das mãos”.

Segundo: também por isso, pela primeira vez, a Apple desde um degrau na corrida por inovações do mercado. “Não há nada de errado com isso por si só, afinal, é uma fatia importante do mercado”, disse Jones. Mas pode acender um alerta em termos de marketing e da imagem da empresa.

Terceiro: um tablet de 7 poleadas é apenas mais uma mercadoria. Mais uma vez, não é uma coisa ruim, mas também não é nada especial.

O quarto ponto, e talvez o mais importante, é que o iPad Mini pode canibalizar as vendas do próprio iPad. Certamente isso não ocorrerá da noite para o dia, mas especialistas no assunto – incluindo a turma do PC World – aventa essa possibilidade num futuro (bem) próximo.v

Por fim, talvez a maior preocupação com iPad de 7 polegadas é que o falecido Steve Jobs foi categórico em sua demissão ao defender os padrões Apple – e o Mini foge ao padrão de seu principal produto para correr atrás dos correntes. E o pior é que isso possivelmente significa que não há 100% de apoio da Apple ao redor do dispostivo.

Mas nada disso é capaz de fazer os fãs da Apple se descabelarem. O tablet menor pode não ser maior em termos de criação e conteúdo, mas parece, de fato, ser o ideal para consumir livros e vídeos.

COMPARTILHAR:
, , , , , , , , , , , , , , , ,

Redação Dualpixel

Monitoramos o que há de mais relevante sobre midia impressa e digital para te manter informado.

Deixe uma resposta