Como usar o DPS para o iPad

Como usar o DPS para publicações digitais?

Como usar o DPS para publicações digitais? Confira!

Não precisamos voltar muito tempo ao passado para verificarmos que o Adobe InDesign era somente usado para produzir materiais impressos em que todos os recursos eram voltados para fluxos de trabalho de impressão. Hoje, com o avanço rápido da ferramenta, o InDesign está sendo usado para produzir múltiplas plataformas digitais (ePub, PDF interativo, Digital Publishing Suite – DPS, SWF). Porém, nem todo recurso funciona com o objetivo único de publicação digital e alguns não são suportados pelo DPS, por exemplo, animações, algunas ações do painel botão e a mistura entre o conteúdo interativo com o estático.

Compreendendo o conceito de Overlay

Toda interatividade no DPS é adicionada como uma sobreposição que fica no topo do conteúdo estático, não importa a ordem de camadas que tem o seu documento do InDesign. Em outras palavras, você não pode sobrepor o conteúdo estático sobre a interatividade. Existem soluções alternativas, como incluir o conteúdo estático em seu conteúdo interativo ou convertê-lo em conteúdo interativo – conhecido como Super Overlay. Conheça as etapas para produzir um Super Overlay:

  1. Selecione apenas a imagem ou objeto que deseja posicionar sobre um elemento interativo;
  2. Crie um Object State a partir desta imagem ou objeto;
  3. No painel Objetc State ficará uma duplicata dessa imagem ou objeto;
  4. Acesse o painel Folio Overlay e habilite na aba Slideshow a opção Auto Play (Iniciar automaticamente), sem Cross Fade (Esmaecimento Cruzado).

 

Outra forma de realizar essa tarefa é através das extensões disponíveis no Adobe Exchange. Instale a extensão no InDesign e tenha acesso a variado conteúdo de produtividade, entre eles o Create SuperOverlay.

AdobeExchange

Create Super Overlay - Adobe DPS

Dupla Orientação: Tudo ou Nada!

Embora possa parecer magia, nos tablets existem duas orientações para o seu fólio, ou seja, é necessário criar dois layouts para cada artigo. Pense cuidadosamente antes de acrescentar mais trabalho extra, pois além de influenciar na experiência do leitor, ele também pode dobrar o tamanho do arquivo do seu fólio.

Você deve ter acesso a um Mac

Enquanto a produção do arquivo fólio pode ser feito em qualquer plataforma – Mac ou Windows, o próprio processo de construção e apresentação do aplicativo para plataforma Apple deve ser feito em um Mac. Isso é um requisito da Apple, e não da Adobe! Contudo mesmo para produção de um aplicativo para a plataforma Android é necessário um Mac, pois o utilitário da Adobe – DPS App Builder – responsável para produção dos aplicativos só roda em Mac.

A Apple e os requisitos do iTunes App Store

Isso não pode deixar de ser enfatizado, pois são eles que ditam as regras do jogo. A coisa mais importante é ter em mente que os PDFs com pouca ou nenhuma interatividade serão rejeitados pelo sistema. Inclua os quatro itens abaixo em sua lista para minimizar o risco de rejeição:

      1. Slideshows
      2. Rolagem de conteúdo
      3. Animações
      4. Áudio e vídeo

Em suma, você precisa mantê-lo atraente para o usuário. Além disso, ao apresentar o seu aplicativo, evite a categoria livro e não use termos de livros impressos, como tabela de conteúdo, páginas, PDF, e claro, a palavra livro. Assim você evita receber uma recomendação da Apple para distribuir seu conteúdo em formato ePUB pela iBooks Store!

Assine nosso informativo e receba notícias sobre cursos, promoções e artigos especiais da dualpixel

COMPARTILHAR:
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

Redação Dualpixel

Monitoramos o que há de mais relevante sobre midia impressa e digital para te manter informado.

Deixe uma resposta