The All-New App Store

Lançada a quase nove anos atrás, a App Store hoje representa um setor estratégico para a Apple, acumulando nesse período cerca de 180 bilhões em downloads de apps.
De acordo com a Forbes, em 2016, a App Store atingiu o número de 600 milhões de usuários (Já o Google Play fechou o mesmo período com 900 milhões).

Mas vamos as novidades que chegarão junto com iOS11 (previsão de lançamento para setembro). Para começar o visual da loja foi remodelado, no estilo de Cards Layout, valorizando o título e com dois novos campos de texto: subtítulo e texto de promoção.

Novos campos, mais informação

O campo subtítulo permite em poucas palavras descrever a finalidade do app, enquanto o texto de promoção será exibido antes da descrição na página do app, contento até 170 caracteres poderá ser atualizado a qualquer momento, facilitando a comunicação de novos recursos, promoções, entre outros conteúdos que seja queira informar. 

Em relação a descrição do app, que só pode ser atualizada com o envio de uma nova versão, o texto promocional é muito bem-vindo.

Outro item que ganhou destaque foi o in-app purchase, que representa a venda de conteúdo dentro do app. Muito comum em app editoriais, como revistas periódicas, por exemplo.

Um recurso, que já está disponível (iOS 10.3) e vale muito para quem publica apps, é a possibilidade de responder os comentários/reviews dos usuários na App Store. Um recurso já disponível muito tempo no Google Play.

No geral, os novos recursos e melhorias tem um objetivo claro que é aumentar a base de desenvolvedores, valorizando a exposição dos apps.

Um bom exemplo disso é, por exemplo, a redução expressiva no tempo de aprovação dos apps – para lançamentos a média está de 3 a 5 dias!

E se quiser aprofundar seus conhecimentos sobre publicação de apps, na App Store, temos o curso certo para você! Publicação nas App Stores – Apple e Google Play, alcance clientes em todo Mundo.

Relato de caso

A aprovação na App Store é para alguns projetos uma preocupação real, e o tempo de aprovação, que antes podia chagar a quase duas semanas, outra a barreira a ser superada.

Recentemente tive uma atualização de Single App [1] rejeitada pela Apple. O primeiro argumento citava que por ser uma publicação de edição única deveria ser distribuída pela iBooks Store, no formato ePUB.

Bem, respondi que o app – Meu Guia de Viagem – Patagônia, não tem o layout compatível com formato ePUB (Fluído)[2], pois possui conteúdo em scroll, galeria de fotos, vídeos; e nem com ePUB (Fixo)[2], pois foi diagramado em dois formatos – tablet (768*1024 px) e smartphone (320*568 px) – recurso que não existe no formato ePUB.

– A resposta da Apple continuou negativa. Disse, que apesar dos recursos que apresentei, o app não agregava inovação, funcionalidades, etc. A Apple adora esses argumentos.

Muito bem, então mostrei que “contra fatos não há argumentos”. Minha próxima resposta foi mais objetiva.

– Primeiro, o app já estava publicado há mais de 1 ano e, se não foi rejeitado no lançamento, por que deveria ser agora? Segundo, apresentei que nesse período houve mais de 500 downloads. E por último, citei que a atualização inclui um novo anunciante, ou seja, o conteúdo do app tem relevância/usuários para convencer uma empresa a utilizá-lo como mídia.

Moral da história, conteúdo relevante, base de usuários e um bom design são essenciais para sobreviver na App Store. Baixe aqui a nova versão do app Meu Guia de Viagem.

[1] Single App – Aplicativo de edição única.
[2] ePUB – arquivos em ePUB Fluído não suporta recursos como scroll e galeria de fotos diretos do InDesign, enquanto o ePUB Fixo possui um único formato para todos os dispositivos – tablets e smartphones.

COMPARTILHAR:
, ,

Felipe Santos

Especialista Adobe em InDesign, Photoshop e Digital Publishing Suite, com 25 anos de experiência nas áreas de pré-impressão, editoração e tratamento de imagens, transita desde 2010, após o lançamento do iPad, entre as midias impressa e digital. Apaixonado por publicações digitais é entusiasta de novas ferramentas, plataformas e formatos.

Deixe uma resposta